Mural de Oportunidades do IFRS

  1. 1 Ir para o conteúdo
  2. 2 Ir para o menu
  3. 3 Ir para o rodapé
Você está em: Home - Dicas - Currículo: primeira apresentação em qualquer oportunidade

Currículo: primeira apresentação em qualquer oportunidade

Capa do artigo.

Confira algumas dicas para elaborar o seu currículo e acesse modelos. É importante ter um currículo “base”, mas o ideal é fazer ajustes conforme a vaga que está concorrendo no momento.

07 de outubro de 2019

Se você está buscando uma oportunidade no mundo do trabalho, uma das primeiras ações a tomar é elaborar o currículo. A função do currículo não é garantir o emprego, mas levá-lo a uma entrevista. Ele fará a sua primeira apresentação em qualquer oportunidade, então é preciso caprichar! 

Confira algumas dicas para elaborar o seu currículo e acesse modelos. É importante ter um currículo “base”, mas o ideal é fazer ajustes conforme a vaga que está concorrendo no momento.

Dicas gerais:

Seja sincero - nunca invente informações para melhorar o seu currículo. Lembre-se que na entrevista e no dia a dia de trabalho - caso seja o escolhido - ficará claro o que era ou não verdadeiro.

Seja claro - as informações precisam ser apresentadas de forma que qualquer pessoa possa compreendê-las.

Seja específico - cada vaga deve ter um currículo único. Especifique a vaga que busca e não seja genérico. Evite dizer que aceita qualquer coisa

Evite excessos - o currículo deve ter no máximo duas páginas.

Vá direto ao que interessa - Não é necessário incluir o número de documentos pessoais no currículo.

Revise o português - o ideal é pedir para um professor de português corrigir seu currículo, para evitar qualquer deslize.

Demonstre vontade de aprender - como trata-se da(s) primeira(s) oportunidade(s), os avaliadores ficam atentos a características que demonstram vontade de aprender, tais como cursos na área em que se candidatou, cursos de idiomas, intercâmbio, participação em projetos como bolsista ou voluntário, além de pequenos trabalhos realizados em empresa familiar, eventos ou emprego temporários.

O que incluir no currículo:

Dados pessoais

  • Insira os dados pessoais básicos e opções de contato. Não insira fotografia, a menos que seja uma solicitação da empresa e, nesse caso, a dica é selecionar uma foto do seu rosto, com roupas que você usaria em uma entrevista, em ambiente neutro.

  • Se tiver Currículo Lattes, cite o link de acesso.

Resumo das qualificações

  • Em um texto resumido, informe suas principais experiências, qualificações e interesses. Sobretudo, coloque em tópicos suas principais atividades e, logo após, os resultados obtidos com o seu trabalho e de sua equipe. São esses detalhes que vão gerar perguntas do entrevistador sobre como foi possível conseguir chegar aos resultados. Lembre-se: ninguém faz coisa alguma sozinho (nunca diga "eu"; diga nós conseguimos....).

Atuação profissional

  • Se você tem experiências profissionais anteriores, informe a instituição, a função que exerceu, o período e um resumo das suas principais atribuições e realizações. Se você está começando a vida profissional e ainda não tem experiência ou emprego, busque fazer trabalhos voluntários regulares, eles revelam que você sabe trabalhar em equipe e se preocupa com o próximo.

Cursos

  • Liste os cursos que fez, sempre começando do mais recente. Mas atenção: liste apenas os que têm relação com a vaga pretendida.

  • Se fez vários cursos de aperfeiçoamento de poucas horas, agrupe as informações.

Exemplo:

Processamento de dados: 36 horas

E mais 10 cursos profissionalizantes de 2005 a 2010, em um total de 320 horas.

Idiomas

  • Cite os idiomas que tem conhecimento básico ou é fluente. Se tem apenas noções de algum idioma, não deve incluir.

 

> Se você é aluno do IFRS e tem alguma outra dúvida ou sugestão de conteúdo, envie para a gente: comunicacao@ifrs.edu.br

 

Fontes: Sergio Almeida Migowski (Campus Canoas do IFRS); Maria de Fátima Fagherazzi Pizzoli (Campus Caxias do Sul); Michele Franco (Campus Farroupilha)

Arquivos para download